Video xxx com pegada diferente

Ela gostava de ver videos xxx de masoquismo. Gostava de amarrar pessoas.

Pense em algo tipo cinqüenta tons de cinza, com a diferença que eu não sou nenhum milionário. Era uma experiência a mais para minha vida, e não podia desperdiçar a chance de ir para a cama com uma mulher estupenda daquelas.

Queria sentir aquele monumento dominando meu corpo por completo, me torturando com toda sua sensualidade e terminar em uma gozada épica.

Queria fazer parte da turma que sabe inovar no sexo. Conto para vocês agora como foi.

Miriam era uma mulher diferente, aos meus olhos, ela se destacava em qualquer mesa. Seus óculos a davam um charme a mais, e os longos cabelos pretos tinham um brilho ofuscante.

Chamou minha atenção

Passei quinze dias numa cidade do interior à trabalho, numa feira que movimenta muita grana, e leva muita gente para tal região.

Ela era uma das garotas-propaganda da nossa marca, e na primeira vista que tive daquela mulher, veio o desejo ardente de sexo. Senti na hora, que ela tinha um algo a mais por trás de toda aquela beleza, algo que valeria a pena vasculhar um pouco mais.

Em uma das confraternizações, rolou um churrasco para funcionários, clientes e amigos. Eu estava numa mesa com alguns colegas, e numa mesa um pouco mais adiante, recheada de mulheres, estava ela. A princípio, eu era invisível, mas nossos olhares se cruzaram e parece que uma chama brilhava em ambos os olhos. Nos encaramos por uns dez segundos, de forma que o silêncio vale mais do que mil palavras.

Com o passar da noite, pessoas foram embora, e só ficavam funcionários, alguns já bêbados, e outros porque teriam que arrumar a bagunça no final.

Eu era do segundo grupo, e por coincidência, ela também.

Com muitas mesas já vazias, a minha e a dela se juntaram. Todo mundo começou a conversar.

Eu e Miriam nos apresentamos, um beijo no rosto com as bocas tão próximas que quase se tocaram. Não houve constrangimento, muito pelo contrário.

Sentei-me ao lado dela, e só o fato de nos tocarmos no braço um do outro me subiu um arrepio daqueles que não precisam de explicação. O tesão tava subindo, e começava a arder.

No início da madrugada, todos começaram a recolher mesas e cadeiras, os lixos e tudo o mais para deixar o lugar limpo.

Sexo em lugar inusitado

Nos fundos do galpão havia um lugar meio escondido, e arrastei Miriam para aquele local. Nos pegamos com gosto.

A mulher tinha uma boca deliciosa, lábios macios e bem molhados que me deixaram malucos.

Ela deu uma pegada firme no meu pau por dentro da calça, o que me fez convidá-la a ir para um motel na saída. Ela foi mais ousada e me levou para a casa dela.

Chegando lá, fomos direto para o quarto. Ela ordenou que eu tirasse minha roupa e aguardasse de olhos fechados. Eu, muito obediente, fiz o que ela pedi e aguardei ansiosamente pelo que me esperava.

Senti suas mãos amarrando as minhas, e uma venda sendo colocada em meus olhos. Eu estava em total poder daquele gostosa e não via a hora de sentir sua buceta em mim.

Com todo aquele escuro em minha visão, só me restava sentir o que ela fazia comigo e imaginar a situação.

Surpresa gostosa

Em poucos minutos senti uma língua passando pela minha barriga, meu peito e meu pescoço, chegando até a minha boca.

Mais um beijo delicioso antes do principal. Para minha surpresa, ela sentou na minha cara e esfregou aquela xota meladinha em minha boca, fazendo com que eu a chupasse inteirinha, como uma fruta.

Suguei gostoso seus lábios vaginais, e meti a língua naquela buceta, chegando até a perder o ar.

Depois, ela virou e fez com que eu também brincasse com o seu cuzinho, passando a língua naquele buraco tão apertadinho e tão delicioso.

Foram alguns bons minutos nessa chupação, até que ela saiu de cima de mim e me deixou esperando.

Fiquei ali, todo amarrado, e no escuro esperando o próximo passo. Foi quando senti a ponta de uma língua atingindo de leve o meu cacete. Aquilo quase me matou de tesão. Ela brincava com a cabecinha da minha rola, deslizando sua língua de leve, sem pressão, fazendo eu me contorcer todinho.

De repente, a velocidade aumentou. E dessa vez, foi a boca inteira no meu pau, chupando, sugando, cuspindo, indo até o talo da garganta e voltando. Um boquete digno de uma profissional, de quem realmente sabe fazer.

Então, senti algo mais quente encostando na minha piroca, e suas pernas se cruzando sobre mim.

Ela sentou, e sentou de jeito. Que buceta quente e gostosa, tão molhada e apertada que eu parecia estar no céu. Xxx é a melhor definição para aquela sentada.

E novamente, igual no boquete, ela começou devagar, subindo e descendo, até que aumentou a intensidade e cavalgou como se andasse num cavalo.

Amarrado, eu estava louco para dar uns tapas naquele rabo e não podia. E gemia igual um louco. Vez ou outra, para me atiçar ainda mais, ela dava seus peitos para eu mamar, e eu os chupava quase que os devorando.

Eu avisei para ela quando estava quase gozando e ela, muito safada, me presenteou com a melhor gozada possível. Ainda amarrado, e sem ver nada, ela me provocou com mais uma sessão de chupadas.

Deixou minha pica bem molhadinha, e então veio uma bela masturbação nuru.

Ela conhecia técnicas de massagem dos videos xxx e sabiamente, manuseava o meu pau com muita delicadeza e safadeza ao mesmo tempo. Sem dúvidas, a melhor punheta que já recebi.

Ela me deixou esperneando, louco pra gozar, quando começou a bater mais forte. Batia uma bronha com vontade e pedia para eu gozar logo, pois queria urgente tomar toda a minha porra.

Meus gritos não couberam em minha boca, e urrei quando soltei vários jatos de leite direto na cara daquela gostosa.

O que ela não recebeu, fez questão de lamber por toda a volta, limpando meu cacete com sua boca de veludo.

Miriam então me desamarrou, e até deixou que eu passasse a noite lá, antes de voltar para o hotel bem cedo no outro dia. Certamente, uma das melhores experiências da minha vida.